CARTA DE UM CALVINISTA A UMA JOVEM COM TENTAÇÕES HOMOSSEXUAIS

terça-feira, outubro 11, 2016


Esse post trata-se de uma resposta real de uma mensagem real que recebi em meu Facebook nesse ano de 2016. Talvez muitos jovens estejam lutando com esse ou outros pecados e ainda não tem a coragem de buscar ajuda. Que esse texto sirva de incentivo e, além disso, que sirva como uma grande lembrança de que o evangelho e as doutrinas da graça são as nossa verdadeira esperança diante de qualquer pecado.

A mensagem que recebi

“Oi Pedro, te sigo por aqui desde quando te vi no dois dedos de teologia e agora que vi o seu site “pamplona pedro” e li na sua bio que eu poderia te procurar por aqui me sinto mais a vontade de te “encher”… Não sei se vc irá ler essa minha msg, mas não poderia deixar dormir sem antes te escrever. Assim como Paulo tenho um espinho na minha fé, tive 3 relacionamentos homossexuais e todos altamente destrutivos, hoje com um pouco mais de um mês que terminei com a minha ex me vejo perdida e desamparada, sou cristã a quase 10 anos e já falei do meu homossexualismo para o meu Pastor …
Eu amo teologia, já pensei em diversas vezes fazer, mas esse meu espinho na carne me coloca para baixo. Já pensei e ainda penso ás vezes em tirar a minha vida, conheci o Calvinismo bem superficialmente e li pouquíssimas coisas sobre ele, enfatizo isso pq acho que estou predestinada ao inferno, não consigo não ter mais atração por mulheres… Cada vez mais me convenço que não estou salva, que não faço parte da geração eleita e que estou predestinada ao inferno, mas isso é algo que me inquieta e me machuca muito.
Estou vivendo uma fase boa na minha vida, consegui passar na Faculdade e consegui um emprego onde posso pagar as minhas dívidas, mas mesmo assim me pego triste e desamparada, há diversas discussões na minha casa, não tenho vontade de orar e não confio em Deus. Pedro será mesmo que estou destinada ao inferno ? Como o calvinismo aborda isso ? E o mais importante, será que terei uma vida estável e feliz com Cristo ? Será que terei contentamento NELE ? Ou será que sou uma incrédula com curiosidade no Cristianismo ? Preciso de ajuda.”¹

Uma resposta calvinista

Olá Maria² , bom dia. Primeiro gostaria de pedir desculpa pela demora na resposta. Em segundo lugar queria agradecer pela sua coragem e iniciativa de escrever sobre seu pecado e suas lutas. Sei que não deve ser fácil fazer isso e talvez o ambiente da internet ajude nessas situações. Já que você perguntou sobre o calvinismo, gostaria de fazer algumas considerações que acho importantes que você leia. E lembre-se, estou falando do evangelho ao fazer essas considerações.
Em primeiro lugar, como calvinista, creio na total soberania de Deus sobre as nossas vidas. Ele é poderoso para fazer o que quiser e como quiser. Isso significa, entre várias outras coisas, que Deus reina sobre o inferno, a morte, o diabo e o pecado. Creio que não há nenhum pecado em nossas vidas tão forte que Deus não seja capaz de vencer. O amor de Deus e sua graça são soberanos para vencer e perdoar qualquer pecado, desde uma simples mentirar infantil até a homossexualidade. Da mesma forma que Deus pode salvar um heterossexual imoral ele pode salvar homossexuais.
Em segundo lugar, como calvinista, creio sim que Deus predestina pessoas ou não para salvação. A eleição é um decreto soberano de Deus feito antes da fundação do mundo. Mas duas coisas precisam ser ditas sobre isso. A primeira é que ele não nos escolhe por causa de nossos atos. A eleição é incondicional, ou seja, não depende de nenhuma condição que ele viu ou não em nós. Portanto, não pense que você não pode ser predestinada a salvação por conta de seus pecados. Se isso fosse verdade, todos nós estaríamos condenados não é mesmo? Deus usa sua misericórdia acima do nossos pecados, e nos escolhe apenas por causa da sua boa vontade. A segunda coisa é que não sabemos quem são os escolhidos de Deus. Só Deus sabe. Ninguém nasce com alguma marca especial ou algo do tipo. Portanto, não cabe a você, nem a mim, dizer quem está condenado ao inferno ou não. Só existe uma maneira de estarmos seguros em nossa salvação: arrependimento verdadeiro e fé verdadeira em Jesus Cristo, ou seja, conversão.
Como calvinista creio que essa conversão também é obra de Deus. Ele chama pessoas irresistivelmente através da pregação do evangelho. O chamado de Deus é mais forte do que o chamado de qualquer pecado. Sua graça é mais poderosa do que qualquer tentação, mesmo a homossexual. Meu conselho para você é que você fique perto do evangelho, leia o evangelho e escute o evangelho. Só por meio dele Deus liberta e salva pecadores. Foi assim que ele fez comigo e oro para que faça com você. Continue indo a igreja para ouvir a pregação e permita ser cuidada por irmãos piedosos.³ 
Por último, quero dizer que não sei se você já se converteu ou não, mas se você tem dúvidas o melhor a fazer é crer e se arrepender. A conversão é exatamente a criação de uma pessoa que encontra seu maior prazer e contentamento em Deus. Deus é bem mais desejável e maravilhoso do que qualquer tipo de relacionamento, hétero ou homo. Minha oração (conte com ela) é que você experimente desse deleite em Deus. Busque pela sua Palavra para isso. Por fim, quero dizer que na conversão Deus nos livrou da condenação do pecado, mas ainda temos uma natureza pecaminosa. Precisaremos lutar ativamente contra nossos pecados, e muitos deles nos tentarão por ainda muito tempo. Conheço algumas pessoas que tiveram práticas homossexuais e que, pela graça de Deus, abandonaram totalmente tais práticas, mas que ainda lutam vez ou outra com tentações. Outras pessoas nem tentações tem mais. Tudo depende do agir de Deus e de como ele quer nos moldar a imagem de Jesus Cristo. Creia nessa Palavra de Deus:
“Portanto, ninguém será declarado justo diante dele baseando-se na obediência à lei, pois é mediante a lei que nos tornamos plenamente conscientes do pecado. Mas agora se manifestou uma justiça que provém de Deus, independente da lei, da qual testemunham a Lei e os Profetas, justiça de Deus mediante a fé em Jesus Cristo para todos os que crêem. Não há distinção, pois todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus, sendo justificados gratuitamente por sua graça, por meio da redenção que há em Cristo Jesus. Deus o ofereceu como sacrifício para propiciação mediante a fé, pelo seu sangue, demonstrando a sua justiça. Em sua tolerância, havia deixado impunes os pecados anteriormente cometidos; mas, no presente, demonstrou a sua justiça, a fim de ser justo e justificador daquele que tem fé em Jesus.” (Romanos 3:20-26)
Deus é soberano e mais poderoso e desejável do que qualquer pecado! Creia. Um abraço!*
__________________________________________________________

  1. Obtive autorização da autora para citar a mensagem. Pequenas partes foram omitidas
  2. Esse é um nome fictício para preservar a autora da mensagem.
  3. Um igreja local saudável é o melhor lugar para tratar nosso pecado.
  4. *Essa resposta não foi alterada, apenas algumas correções e um pequeno trecho que foi omitido.
Autor: Pedro Pamplona
Site: https://pamplonapedro.wordpress.com
Re - Publicação: Voz Feminina na Reforma. 

  • Compartilhe:

FIQUE MAIS UM POUCO COMIGO! VEJA TAMBÉM!

3 comentários

  1. É muito bom quando encontramos orientação de acordo com a Palavra de Deus.
    Parabéns pelo novo nome do blog, que o Senhor Jesus continue abençoando este trabalho que você vem realizando Cris. Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada irmã Neiva, fico muito grata e feliz,por sua visita aqui conosco e nos acompanhando nesse novo trabalho, seja sempre bem vinda. Beijos ;D

      Excluir

Não deixe de comentar!
Sua opinião é muito importante para mim :D
Beijos...

Antes de sair, cadraste seu email! E receba nossas atualizações.

100% gratuito

atualizado

sem spam