Série: As Dádivas da Cruz-Verdadeiro Amigo



AMIGOS - Descobrindo pela Cruz os Traços de um Verdadeiro Amigo

E a série segue. Pela cruz somos presenteados com a graça que transborda do coração do Deus Trino. Estas bênçãos são dádivas dos céus a nós. Deus nos ama, e provou isto na cruz. Mesmo num clima sangrento, cruento e terrível, a cruz nos faz pensar na plenitude da bondade de Deus por nós, mesmo sendo nós pecadores. Hoje, caminhamos nesta trilha abençoada, as dádivas da cruz. Vamos pensar hoje sobre amigos.
Este tema é crítico, não é? Quem nunca teve desilusões com amigos? Difícil achar e manter bons e autênticos amigos. Mas, não nos enganemos. O problema não está só nos outros, e sim, em nós. Em todos nós. Dificuldades como orgulho, traição, individualidade, mentira, inveja, maledicência, julgamentos, preconceitos, dificultam a manutenção de boas e duradouras amizades. E estas dificuldades, por causa do pecado dos nossos primeiros pais, estão presentes em todos os homens, preste atenção, em todos, até em você. A conversão em Cristo não anula totalmente a herança destes pecados, antes, ainda temos os efeitos destas ruindades em nossa mente e coração. Daí repousa a necessidade da santificação, diga-se de passagem.
Na cruz, percebemos os verdadeiros laços e dimensões de uma autêntica amizade. Aquele que morreu na cruz, Jesus de Nazaré, é este amigo de todas as horas. Ele deu a sua vida por nós. Não nos abandonou, pelo contrário, nos redimiu dos nossos pecados. Este laço de amizade é duradouro, maduro e estável, perfeito. Ele morreu por amor a nós. Em João 15, chamou seus discípulos de amigos. Amigo que se dá pelo outro, que se sacrifica. Amigo que procura o bem-estar do outro antes do seu próprio. Amigo que não mede esforços. Amigo que não abandona, que não faz pouco caso. Amigo que não explora o outro. Apesar dos nossos pecados, ele foi misericordioso e paciente conosco. Aqui, na cruz, é nos revelado o grande amor de Deus, em Cristo, por nós. Contemplamos o nosso verdadeiro amigo, Jesus, o Messias, o Redentor, o Senhor.
Pensamos em duas implicações para nós e para nossos relacionamentos. Primeira questão, qual a nossa resposta a Jesus diante de tal demonstração de amor e amizade? Somos lhe grato? Somos lhe fiel? Honramos o Messias também com nossa amizade? Veja, não podemos nos envolver com o Salvador por interesse, movidos por bênçãos terrenas e materiais. A gratidão vai além, passa pela santidade do coração, sem interesses financeiros. Honramos o Messias com nossa obediência, fidelidade, santificação e testemunho. Estes valores precisam dirigir nosso relacionamento com ele.
Outra implicação ética, a cruz deve também nortear nossos relacionamentos com o próximo. Devemos ser cristãos, pequenos Cristos, imitadores dele, em nossas amizades. Assim, sinceridade, altruísmo, sacrifício, respeito, compreensão, acolhimento, paciência, misericórdia e perdão, enfim, são qualidades que devem estar presentes em nós, em nossa mente e coração, para sermos bons e autênticos amigos. Pela cruz, a dádiva da amizade e modelo de amizade, nos é revelado claramente.
Lance fora o medo, o orgulho, a impiedade e as mágoas, e abra seu coração para amar o outro, e também ser amado. As desilusões insistem em ser obstáculos para vivermos na plenitude, com Deus e com o próximo. Medimos a todos através dos erros de alguns. Não é bom que seja assim. Seja medido pelo amor de Deus. E, prontifique-se a amar e ser amado, a perdoar e ser perdoado, a acolher e ser acolhido, a abençoar e ser abençoado. Confie no Messias, ele é, deve ser, o seu MAIOR amigo, em toda a sua intimidade e verdade. Ele ama você, provou isto na cruz. Receba o seu amor nesta manhã, sinta-se amado (a) pelo nosso precioso salvador. Que Ele preencha o seu coração desta graça bondosa!

Caminhando nesta empreitada, no próximo post, vamos pensar sobre humildade, como uma outra grande dádiva da cruz. Ser humilde é reconhecer nossa pequenez, e o outro como superior a nós. Digo desde já que é libertador viver desta maneira. A maior prisão que alguém pode experimentar é o seu próprio orgulho. Este post está imperdível! Eu espero você. E que o Deus Amigo, que provou seu amor e amizade a nós na cruz, te abençoe ricamente!

Por: Marlon Oliveira.

Um comentário:

  1. Lindo poste, que possamos ser amigos e ter amigos desta maneira revelado aqui nesse poste. Estou amando as séries, e cada quarta-feira estou aprendendo e sendo abençoada. Obrigada pastor Marlon.

    ResponderExcluir

Não deixe de comentar!
Sua opinião é muito importante para mim :D
Beijos...

Post Top Ad

My Instagram

Antes de sair gostaria de assinar nosso feed?

100% gratuito

atualizado

sem spam