NAMORO A DISTÂNCIA: UMA HISTÓRIA REAL DE AMOR E ESPERA.

Nossa história desde o início já estava escrita pelas mãos de Deus, e cada detalhe foi cuidadosamente arquitetado por Ele, nada do que aconteceu em nossas vidas foi por acaso.

Tudo começou a partir do dia em que eu e minha família tivemos que deixar a cidade em que morávamos, pois, meu pai havia sido transferido para outra cidade, a qual nunca ouvi falar, mal sabia eu que lá estaria encontrando o grande amor da minha vida. Confesso que não foi nada fácil recomeçar minha vida tudo do zero, pois para trás estava deixando todos meus amigos, igreja, orquestra que tocava e a banda da igreja. Chegando na nova cidade, tudo era novo, os costumes e a cultura eram completamente diferentes do que estava acostumado. No dia em que fomos apresentados na nossa nova congregação, lá estava ela, com aquele sorriso meigo vindo em minha direção, me deixando encantado. Esse foi o nosso primeiro contato visual, mas a gente não teve muita proximidade no início, pois ela era do grupo de adolescentes e eu por ser alto, acabei indo direto para o grupo de jovens mesmo com apenas quinze anos de idade.

Passado um tempo, começamos a estudar na mesma escola e no mesmo cursinho, onde tínhamos o mesmo ciclo de amizades, assim nos aproximar e ficamos amigos, mas não era amizade apenas, sempre tive uma “queda” por ela. Trocávamos carinhos e andávamos juntos de mãos dadas, ficando cada vez mais próximos um do outro. Com isso, fui me apaixonando por aquela menina linda, alegre, carinhosa, meiga e que me deixava feliz todos os dias.

Certa manhã, em que meus pensamentos estavam todos ligados a ela, decidi compor uma canção dedicada a pessoa mais que especial para minha vida, tentando expor tudo o que sentia por ela, cada sentimento e cada característica que me chamava atenção nela. A noite quando estávamos no cursinho conversando por um bilhete durante aula, resolvi contar que havia feito, conseguindo deixá-la surpresa, feliz e muito curiosa (ela não acreditava que eu havia feito). No dia seguinte, levei para a aula a música, nela também havia um pequeno texto em que me declarava e a pedia para ficarmos juntos; ali estava em suas mãos a oportunidade de sermos felizes, tudo dependeria dela. No outro dia a questionei sobre qual seria a sua resposta para aquele pedido, e ela o aceitou, mas ainda iria pedir o apoio de sua mãe, caso contrário nada feito.

Fiquei nervoso, ansioso, mas confiei em Deus, pois sabia que o melhor Ele tinha para mim. Lembro-me bem daquela noite em que ela me deu a resposta definitiva, o mais lindo “SIM” que já ouvi na minha vida, e a partir daí começamos a viver a nossa história, com momentos maravilhosos, mas infelizmente essa alegria durou um pouco mais de um mês, porque acabamos nos separando. O que parecia ser uma linda história de amor foi interrompida tão rápido e tão dolorosamente que foi até difícil de acreditar. Passei a pedir a Deus um novo amor, todo dia em minhas orações eu falava com Ele a fim de que preparasse a mulher que futuramente seria a minha namorada, noiva e esposa, não sabia que os planos de Dele iria muito além do que pensava ou planejava.

Foi se passando dias, semanas, meses, mas o amor que nunca tinha acabado foi renascendo e dessa vez a pequena chama que ainda restava do nosso amor, dessa vez cresceu mais forte e mais intensa. Depois que já havia passado pouco mais de um ano separados, eu resolvi tomar uma atitude, não aguentei, e enquanto brincávamos com amigos simulando um casamento, onde ela era a noiva e eu o noivo, eu falei: “agora o noivo pode beijar a noiva” e roubei um beijo dela, parece que tudo ficou em câmera lenta, minhas pernas balançavam, minhas mãos suavam, foi uma decisão muito difícil, pois eu era muito tímido, mas no impulso acabei tomando esta atitude que mudaria as nossas vidas. No entanto, naquela mesma noite outro rapaz havia lhe pedido em namoro, e ela ficou de pensar. Contudo, na hora do beijo ele viu tudo, torturando muito a mente dela, e a indecisão tomando conta. Na noite daquele mesmo dia não consegui dormir, só pensando no amor da minha vida, naquele beijo maravilhoso e naquela sensação, foi tão boa que me senti mais leve e adormeci enquanto orava agradecendo a Deus por aquele momento.

Ficamos por alguns dias sem nos ver, até que uma noite no cursinho quando já estávamos indo embora, eu a puxei novamente para a beijar, mas não consegui, foi aí que fomos conversar sobre aquele beijo e essa outra tentativa. Disse que queria dar mais uma chance para nós e o que estava sentindo por ela, mas não queria uma resposta ali, então deixei que ela pensasse em nós, no nosso beijo, no nosso amor, e que dessa vez poderíamos começar apenas para ver se ia dar certo, pois o medo dela era de que pudéssemos terminamos com pouco tempo de namoro novamente (algo que ela abomina é esse vai e vem de relacionamento). Então tive a ideia de ficarmos por um período pra ver no que daria, só depois então divulgar para a família e amigos que havíamos voltado. Passaram-se dias, nos encontramos e a resposta foi “sim”, ela aceitou em dar mais uma chance à nós e ao nosso amor. Quando estávamos com um mês juntos eu já tinha certeza que era ela que me fazia feliz, ela que me completava e eu estava disposto a lutar por esse amor ainda mais, lembro-me como se fosse ontem, naquela noite estrelada, naquela praça, naquele coreto, lhe dei uma aliança e a pedi em namoro, a felicidade ali foi tão imensa e intensa que não cabia dentro de nós, lá começamos novamente a nossa história de amor, realmente um recomeço, como eu queria fazer tudo diferente do que fiz na primeira vez, fiz questão de ir pessoalmente lhe pedir em namoro à seus pais. Por mais que estávamos dispostos a lutar por esse amor, ela não acreditava que chegaríamos a mais de um mês juntos, e o tempo foi passando, um, dois, três meses, a felicidade foi tão grande que parecia um sonho ter chegado nesses três meses. O tempo foi passando e foi chegando o fim do ano, sabíamos que estaríamos nos separando, porque eu estava confiante que iria passar no vestibular e iria morar em outra cidade, e foi o que aconteceu. Saiu o resultado do vestibular, comemoramos juntos, a alegria era imensa, mas depois caiu a ficha que estaria partindo e a deixaria.

 Resolvemos insistir mais, não queríamos nos separar, então decidimos continuar a relação, começaríamos com um namoro a distância, mas como? Se éramos acostumados a nos ver todos os dias? Lembro-me daquela partida, aquela despedida foi tão dolorosa, aquele abraço apertado, corações pulsando forte e a ver chorar foi o mais duro para mim, tentei me conter para não a deixar mais triste, mas quando entrei naquele ônibus para ir embora, foi uma dor imensa, não conseguir me conter e meus olhos enchera-se de lágrimas. Os primeiros dias não foram nada fáceis, o vazio era terrível, como se aquilo nunca fosse acabar, mas lutamos e já estávamos conseguindo manter a relação à distância. Quando tinha folga a primeira coisa que pensava era correr para os braços dela, vivemos momentos incríveis e felizes, passaram-se uns anos e tivemos mais uma triste notícia, dessa vez meu pai iria ser transferido novamente, ali sim, acreditamos ser o fim, ficaria muito mais difícil voltar para uma cidade em que não tinha mais minha família, e uma casa para ficar. Comecei a pensar em ficar na casa de amigos para poder visitá-la, mas as minhas idas iriam diminuir pois também teria que ir visitar meus pais nos dias de folga da faculdade, foi mais uma dor terrível que tivemos que enfrentar juntos, mas graças ao nosso Deus, por alguns problemas na empresa meu pai ficou só um tempo fora, mas depois voltou. A alegria de recebermos essa notícia não cabia em nossos corações, nos beijamos, abraçamos, sorríamos e chorávamos, tínhamos certeza que não era lá que terminaria nossa história. Continuamos nosso namoro à distância, em que cada despedida nossa era um aperto no coração, era uma dor que “aprendemos” a conviver, e hoje estamos aqui com cinco anos de namoro, para quem não acreditava que duraria nem dois meses. Algumas vezes comemoramos o aniversário de namoro distantes por conta dos meus estudos, porém todos os dias que passei ao lado dela foram maravilhosos e passaria tudo novamente só para sentir a felicidade de todas as vezes que estou ao seu lado.

E tenho uma boa notícia! Meu curso estar acabando, falta pouco mais de um ano e já estarei voltando para continuar essa nossa linda história de amor. Preparem os corações que vem noivado por aí, e separem as roupas de gala que em 2018 casaremos, e esse vai ser um novo degrau para a nossa vida a dois que tanto sonhamos.

Quem diria que aquela canção escrita em um pedacinho de papel ou aquele beijo roubado iriam transformar a nossa vida na mais bela história de amor, mas sei que tudo isso já estava escrito pelas mãos de Deus.

Escrito por: Jezreel Levy

 Fonte: Logo Eu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não deixe de comentar!
Sua opinião é muito importante :D
Beijos...

Post Top Ad

My Instagram

Antes de sair gostaria de assinar nosso feed?

100% gratuito

atualizado

sem spam